quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Termina nesta quinta-feira o prazo para se inscrever no ProUni

Termina nesta quinta-feira (29) o prazo para se inscrever no Programa Universidade para Todos (ProUni). As inscrições podem ser feitas pela internet, na página do programa. Também hoje, os candidatos têm acesso às últimas notas de corte. Até a noite de ontem, o ProUni registrou 1.196.340 inscritos. Administração era o curso mais procurado, com 230.657 inscrições, segundo balanço do Ministério da Educação (MEC).

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 2 de fevereiro. Os selecionados deverão comparecer às instituições para comprovar as informações prestadas na inscrição de 2 a 9 de fevereiro. No dia 19 será divulgado o resultado da segunda chamada. Aqueles que não forem selecionados, poderão participar da lista de espera nos dias 2 e 3 de março.

O programa oferece bolsas no ensino superior privado com base nas notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Este ano, serão ofertadas 213.113 bolsas – 135.616 integrais e 77.497 parciais. As bolsas serão para 30.549 cursos, em 1.117 instituições de ensino superior privadas.

Uma vez por dia, o ProUni calcula a nota de corte, que é a menor pontuação exigida para ficar entre os prováveis pré-selecionados de cada curso, com base no número de bolsas disponíveis e no total dos candidatos inscritos, por modalidade de concorrência. O candidato que desejar pode mudar de opção até o final do período de inscrição.

De acordo com o MEC, a nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento da inscrição, não sendo uma garantia de pré-seleção à vaga oferecida. A nota de corte pode ser consultada no portal do ProUni no link Pesquisar bolsas.

Podem concorrer às bolsas estudantes que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede particular, na condição de bolsista integral. É preciso ainda comprovar renda bruta familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, no valor de 50% da mensalidade, a renda bruta familiar deve ser de até três salários mínimos.

Para se inscrever, o candidato deve ter participado do Enem de 2014 e obtido, no mínimo, 450 pontos na média das notas. Além disso, não pode ter tirado 0 na redação. Outra condição é que ainda não tenha diploma de curso superior.

Professores do quadro permanente da rede pública de ensino que concorrerem a cursos de licenciatura também podem participar do ProUni. Nesse caso, não é necessário comprovar a renda.

Veja os cursos mais procurados no ProUni:
1. Administração - 230.657
2. Direito  - 208.095
3. Pedagogia  - 119.214
4. Engenharia civil  - 115.544
5. Ciências contábeis - 107.779
6. Psicologia - 95.394
7. Enfermagem - 93.161
8. Educação física - 91.158
9. Fisioterapia - 70.922
10. Serviço social - 65.186

Morador de Rua é morto a pauladas e suspeito fica ferido e acaba preso

Um morador de rua morreu a pauladas, no final da tarde desta quarta-feira (28), no bairro de Candelária, na zona Sul de Natal. Ele teria entrado em luta corporal com outro morador de rua, que ficou ferido, tentou fugir, mas acabou detido por policiais da Delegacia de Homicídios.

Os policiais apuraram no local, nas imediações do Natal Shopping, que os moradores de rua possivelmente começaram a discutir pela disputa do ponto para ficarem na rua. Com isso, acabaram iniciando uma briga.

Um deles estava armado com uma faca e outro com um pedaço de pau. O morador de rua que morreu foi atingido por várias pauladas na cabeça e acabou caindo sem vida em via pública. Já o outro foi atingido por golpes de faca, mas conseguiu correr.

Já em Potilândia, ele foi localizado pelos agentes da Delegacia de Homicídios. O homem, que ainda não teve o nome divulgado, foi levado para o Pronto Socorro Clóvis Sarinho. 


Pòrtalbo.com

Rio Grande do Norte é o 6º estado do país com mais homicídios de adolescentes

O Rio Grande do Norte é o 6º estado do Brasil que mais mata jovens entre 12 e 18 anos. É isso que mostra a pesquisa divulgada ontem pela Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), o Laboratório de Favelas e o Laboratório de Análises de Violência da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

As informações se referem a cidades com ao menos 100 mil habitantes e apontam que no Brasil serão registrados mais de 42 mil homicídios de adolescentes de 12 anos a 18 anos entre 2013 e 2019. A pesquisa analisou dados de 2012 para compor o Índice de Homicídios na Adolescência (IHA), que estimou 3,32 mortes para cada mil habitantes nessa faixa etária.

De acordo com as informações da pesquisa, dos cinco piores estados para um adolescente viver, quatro são nordestinos. O estado brasileiro com maior número de homicídios de adolescentes é Alagoas, com média de 8,82, seguido por Bahia (8,59), Ceará (7,74), Espírito Santo (7,15) e Paraíba (6,04). O RN ficou na sexta posição, com média de 5,80.

MPF em Assu quer ponto eletrônico e divulgação das jornadas de profissionais do SUS

Recomendações foram enviadas a 20 prefeituras do Vale e incluem também a utilização do Banco de Preços em Saúde para as compras feitas pelos municípios

O Ministério Público Federal (MPF) em Assu emitiu duas recomendações aos prefeitos de 20 cidades do Vale do Açu. A primeira requer a instalação, em 60 dias, de registro eletrônico de frequência para os servidores vinculados ao Sistema Único de Saúde (SUS) e a divulgação dos horários de atendimento dos médicos e odontólogos. 

Já a segunda é voltada para que prefeituras utilizem o Banco de Preços disponível no portal do Ministério da Saúde na internet, antes de qualquer nova aquisição de medicamentos e insumos de saúde.

Autor das recomendações, o procurador da República Victor Queiroga ressalta que o controle social é princípio fundamental para as atividades de saúde pública no Brasil. Sendo assim, informar à população sobre o horário de atuação dos servidores do SUS, bem como buscar melhores condições para aquisição de medicamentos e insumos, integram obrigações do poder público em relação à sociedade.

Seca também prejudica atividade pesqueira

Além de solicitar o apoio do Senado aos pescadores na luta pela manutenção dos direitos e das regras do seguro defeso, Abraão Lincoln pediu socorro ao senador Renan Calheiros no sentido de sensibilizar o Governo Federal para a prorrogação do estado de calamidade pública no Nordeste por conta da seca. 

O presidente da CNPA explicou que não somente os agricultores, mas os pescadores estão sendo castigados pela falta de chuvas, uma vez que os principais reservatórios e açudes estão secando. 

A situação no Nordeste é dramática. Reduz o nível dos nossos reservatórios e também a produção pesqueira. Não tem peixe nem pra comer em alguns casos”, destacou o presidente da CNPA, lembrando que o Governo Federal, em casos de CALAMIDADE, pode lançar mão de medidas emergenciais de apoio aos pescadores. “Os pescadores contam com todo o nosso apoio. Seremos mais uma vez em defesa destes pleitos”, assegurou o presidente do Senado.

quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

Herança maldita!


Calçadão cede e cratera se abre na orla da Praia dos Artistas

Parte do calçadão da Praia dos Artistas cedeu e uma grande cratera se abriu em plena orla. O incidente foi registrado no final da manhã desta terça-feira (27) nas proximidades do shopping de artesanato.

De acordo com informações do agente de fiscalização da Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU), João Batista Monteiro, a área foi isolada para evitar maiores acidentes. Uma pessoa que passava pelo local, logo após a abertura da cratera chegou a cair, mas não sofreu ferimentos graves.

Segundo o oficial da STTU, uma equipe de engenheiros foi ao local para vistoriar a área. Após análise das causas, outras equipes serão enviadas ao local para iniciar os serviços de reparos.

Portalnoar.com