quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Prefeito Laerte Paiva e Vice Irmão Gilmar concluem visitas em Zumbi


A Nação 25 concluiu hoje as visitas em Zumbi sem dúvidas de que Zumbi está com o prefeito Laerte Paiva e vice irmão Gilmar. 
Nossos candidatos iniciaram a visita no Conjunto Novo Horizonte e concluíram com o sentimento de dever cumprido.  


O prefeito Laerte Paiva agradeceu a Zumbi, por todo carinho, pelas palavras de incentivo e a todos que o receberam de braços abertos. Em cada visita cresce a certeza de que estamos no caminho certo, de que as pessoas dessa cidade acreditam que o melhor é permanecer com Laerte e Gilmar, que reconhecem o trabalho realizado por essa gestão.  


E a Nação 25 continua crescendo! Parece até um comício de tanta gente. 


Mas tem gente que anda dizendo que estamos "APAVORADOS", acho que é o contrário. 
Se em uma simples visita está assim, imagina quando for o primeiro comício. 

quarta-feira, 24 de agosto de 2016

A Nação 25 toma as ruas de Zumbi no segundo dia de Visitas


A Nação 25 toma as ruas de Zumbi no segundo dia de visitas dos candidatos a reeleição, Prefeito Laerte Paiva e o vice-Irmão Gilmar. 

É a vontade do Povo, vai ser Laerte e Gilmar de novo! 



Rio do Fogo em Foco

Conselheiros Tutelares de Rio do Fogo Participam de Capacitação

Os conselheiros Tutelares de Rio do Fogo participaram do III Encontro Estadual de Formação para Conselheiros Tutelares do estado do Rio Grande do Norte, que aconteceu nos dias 19, 20 e 21 de Agosto , na cidade de Macau. 
O evento reuniu conselheiros de várias cidades do Rio Grande do Norte e abordou temas como: História do Direito da Criança e do Adolescente no Brasil e no Mundo (Códigos de Menores de 1927 e 1979); Convenção Internacional dos Direitos da Criança/ONU/1989 e, Constituição Federal de 1988); Princípios Constitucionais da Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência (art. 37/CF); Natureza Jurídica do Conselho Tutelar (art. 131/Estatuto): Atribuições do Conselho Tutelar como órgão de controle (art. 136/Estatuto); Requisições de Serviços Públicos pelo Órgão Conselho Tutelar - Rede de Serviços (art. 136 - m, "a"/Estatuto) e Decisões dos Órgãos Pluripessoais e sua Revisibilidade (art. 137/Estatuto). 

Capacitações é um importante meio de contribuir com o desenvolvimento dos nossos conselheiros, que têm a missão de cuidar das nossas crianças e adolescentes e fazem isso com muita dedicação. 


Rio do Fogo em Foco

Prefeito Laerte Paiva e o Vice-prefeito Irmão Gilmar iniciam visitas em Zumbi


Uma caminhada que terminou virando quase um comício, marcou o início da campanha do Prefeito Laerte Paiva e o vice Irmão Gilmar, candidatos a reeleição.
No final da tarde dessa segunda-feira (22) eles saíram em caminhada pelas ruas de Zumbi, ouvindo de perto a população e receberam diversas manifestações de apoio e carinho. 


Mais uma prova de que o povo já sabem em quem votar, vai ser Laerte e Gilmar de novo. 
O Prefeito Laerte Paiva e o Vice Irmão Gilmar foram acompanhados dos candidatos a vereadores da coligação Unidos Venceremos e eleitores amigos. 


Rio do Fogo em Foco

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Atenção: Saiba o que candidato e eleitor podem e não podem fazer na campanha.

Foi dada a largada na última terça-feira (16) da corrida por votos entre candidatos a prefeito e vereador nas eleições municipais deste ano. Com o início oficial da campanha nas ruas, candidatos e eleitores passam a ter de cumprir uma série de regras elaboradas pela Justiça Eleitoral para tentar equilibrar a disputa.
O eventual descumprimento de regras vedadas aos candidatos pode levar a punições que variam desde o pagamento de multa até a cassação da candidatura, dependendo da gravidade da infração.
No entanto, não são apenas os candidatos a prefeito e vereador que precisam se manter na linha. A Justiça Eleitoral elaborou uma série de restrições aos eleitores, que vão desde regras para o uso da internet até limites para doações aos candidatos.
A campanha eleitoral nas ruas se estenderá até as 22 horas de 1º de outubro (sábado), véspera do primeiro turno, que ocorrerá no dia 2 (domingo).
Nos municípios onde a eleição for decidida no segundo turno, a campanha irá até 29 de outubro, um dia antes da votação, no dia 30 (domingo).
Um dos principais responsáveis no Ministério Público pela fiscalização do processo eleitoral deste ano, o vice-procurador-geral eleitoral, Nicolao Dino, ressalta que a contribuição mais importante dos eleitores para manter a lisura dessas eleições é eles não venderem seus votos.
“Se isso vier a ocorrer, e espero que efetivamente essa consciência eleitoral se expanda, acho que haverá um salto de qualidade muito grande em relação aos resultados eleitorais em quaisquer eleições”, afirmou Dino ao G1.
O QUE PODE O CANDIDATO
>> Distribuir folhetos, adesivos e impressos, independentemente de autorização, sempre sob responsabilidade do partido, da coligação ou do candidato (o material gráfico deve conter CNPJ ou CPF do responsável pela confecção, quem a contratou e a tiragem);
>> Usar bandeiras portáteis em vias públicas, desde que não atrapalhem o trânsito de pessoas e veículos;
>> Colar propaganda eleitoral no para-brisa traseiro do carro em adesivo microperfurado; em outras posições do veículo também permitido usar adesivos, desde que não ultrapassem a dimensão de 50 cm x 40 cm.
>> Usar alto-falantes, amplificadores, carros de som e minitrios entre 8h e 22h, desde que estejam a, no mínimo, 200 metros de distância de repartições públicas, hospitais, escolas, bibliotecas, igrejas e teatros;
>> Realizar comícios entre 8h e 24h, inclusive com uso de trios elétricos em local fixo, que poderão tocar somente jingle de campanha e discursos políticos;
>> Fixar propaganda em papel ou adesivo com tamanho de até meio metro quadrado em bens particulares, desde que com autorização espontânea e gratuita do proprietário;
>> Pagar por até 10 anúncios em jornal ou revista, em tamanho limitado e em datas diversas, desde que informe, na própria publicidade, o valor pago pela inserção;
> Fazer propaganda na internet, desde que gratuita e publicada em site oficial do candidato, do partido ou da coligação hospedados no Brasil ou em blogs e redes sociais;
> Enviar mensagens eletrônicas, desde que disponibilizem opção para descadastramento do destinatário, que deverá ser feito em até 48 horas.
O QUE NÃO PODE O CANDIDATO
>> Fixar propaganda em bens públicos, postes, placas de trânsito, outdoors, viadutos, passarelas, pontes, paradas de ônibus, árvores, inclusive com pichação, tinta, placas, faixas, cavaletes e bonecos;
>> Jogar ou autorizar o derrame de propaganda no local de votação ou nas vias próximas, mesmo na véspera da eleição;
>> Fazer showmício com apresentação de artistas, mesmo sem remuneração; cantores, atores ou apresentadores que forem candidatos não poderão fazer campanha em suas atrações;
>> Fazer propaganda ou pedir votos por meio de telemarketing;
>> Confeccionar, utilizar e distribuir camisetas, chaveiros, bonés, canetas, brindes, cestas básicas, bens ou materiais que proporcionem vantagem ao eleitor;
>> Pagar por propaganda na internet, inclusive com impulsionamento de publicações em redes sociais ou com anúncios patrocinados nos buscadores;
>> Publicar propaganda na internet em sites de empresas ou outras pessoas jurídicas, bem como de órgãos públicos, que não estão proibidos de repassar cadastros eletrônicos a candidatos;
>> Fazer propaganda na internet, atribuindo indevidamente sua autoria a outra pessoa, candidato, partido ou coligação;
>> Agredir e atacar a honra de candidatos na internet e nas redes sociais, bem como divulgar fatos sabidamente inverídicos sobre adversários;
>> Veicular propaganda no rádio ou na TV paga e fora do horário gratuito (que ocorre entre 26 de agosto a 29 de setembro), bem como usar a propaganda para promover marca ou produto;
>> Degradar ou ridicularizar candidatos, usar montagens, trucagens, computação gráfica, desenhos animados e efeitos especiais no rádio e na TV;
>> Fazer propaganda de guerra, violência, subversão do regime, com preconceitos de raça ou classe, que instigue a desobediência à lei ou que desrespeite símbolos nacionais.
>> Usar símbolos, frases ou imagens associadas ou semelhantes às empregadas por órgão de governo, empresa pública ou estatal;
>> Inutilizar, alterar ou perturbar qualquer forma de propaganda devidamente realizada ou impedir propaganda devidamente realizada por outro candidato.
O QUE PODE O ELEITOR
>> Participar livremente da campanha eleitoral, respeitando as regras sobre propaganda nas ruas e na internet aplicadas aos candidatos;
>> Fazer doações para candidatos ou partidos até o limite de 10% da sua renda bruta, por transferência para conta oficial ou cartão de crédito pelo site oficial da campanha;
>> Ceder uso de bens móveis ou imóveis de sua propriedade, com valor estimado de até R$ 80 mil;
>> Prestar serviços gratuitamente para a campanha;
>> Apoiar candidato com gastos de até R$ 1.064,10, com emissão de comprovante da despesa em nome do eleitor (bens e serviços entregues caracterizam doação, limitada a 10% da renda);
>> No dia da votação, é permitida só manifestação individual e silenciosa da preferência pelo partido ou candidato, com uso somente de bandeiras, broches, dísticos e adesivos;
>> Manifestar pensamento, mas sem anonimato, inclusive na internet.
O QUE NÃO PODE O ELEITOR
>> Trocar voto por dinheiro, material de construção, cestas básicas, atendimento médico, cirurgia, emprego ou qualquer outro favor ou bem;
>> Cobrar pela fixação de propaganda em seus bens móveis ou imóveis;
>> Dar, oferecer, prometer, solicitar ou receber, para si ou outra pessoa, dinheiro, dádiva ou qualquer vantagem, para obter ou dar voto, conseguir ou prometer abstenção, ainda que a oferta não seja aceita;
>> Sendo servidor público, trabalhar na campanha eleitoral durante o horário de expediente;
>> Inutilizar, alterar, impedir ou perturbar meio lícito de propaganda eleitoral;
>> Degradar ou ridicularizar candidato por qualquer meio, ofendendo sua honra.
>> Fazer boca de urna no dia da eleição, ou seja, divulgar propaganda de partidos ou candidatos com alto-falantes, comícios ou carreatas, por exemplo.


Rio do Fogo em Foco

Operação combate tráfico de drogas e homicídio em Rio do Fogo e Ceará-Mirim


“Ação foi iniciada nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (19). Mandados de prisão são cumpridos em Ceará-Mirim e Rio do Fogo”.
Uma operação das polícias Civil e Militar foi iniciada nas primeiras horas da manhã desta sexta-feira (19).
A ação combate o tráfico de drogas e homicídios nas cidades de Ceará-Mirim, na Grande Natal, e Rio do Fogo, no litoral Norte potiguar. Estão sendo cumpridos seis mandados de prisão e dois de busca e apreensão.
Até o momento, três pessoas foram presas suspeitas de envolvimento com o tráfico de drogas, homicídios e associação criminosa. Um deles foi detido na praia de Zumbi. Nesta operação estão envolvidos policiais da Delegacia do Turista, das delegacias de Ceará Mirim, de Pureza e de Natal.


Rio do Fogo em Foco

É a vontade do povo, vai ser Laerte e Gilmar de novo!

É a vontade do povo, vai ser Laerte e Gilmar de novo! 
Na noite dessa quinta-feira (18) uma parte da nação 25 participaram de uma reunião que tinha o objetivo de apresentar e esclarecer as novas regras elaboradas pela Justiça Eleitoral para as eleições de 2016. 
A campanha eleitoral começou no último dia 16 de Agosto e os candidatos e eleitores terão que cumprir uma série de regras. 
Era apenas uma simples reunião, mas se tornou mais uma prova que o povo já decidiu que querem Laerte Paiva e irmão Gilmar para continuar trabalhando. 

 A reunião contou com a participação dos candidatos a vereadores da coligação Unidos Venceremos e representantes de todo município, que fizeram questão de demostrar todo seu apoio aos candidatos da nação 25. E o espaço foi pouco para tanta gente. 

E o pula, pula já começou faz tempo... 


Rio do Fogo em Foco